Principal protagonista do mercado mundial de bricolagem, a LEROY MERLIN ajuda seus cliente a realizar seus projetos, disponibilizando de 30.000 a 60.000 referências por loja.

Empresa pioneira do ADEO, a LEROY MERLIN é especializada na venda de produtos e soluções com uma única promessa: apresentar soluções para melhorar o lar de cada um. Teve 14,6 bilhões de euros de Receita em 2014 e conta com a ajuda de mais de 68.200 colaboradores, dos quais 5.700 juntaram-se à Leroy Merlin apenas no ano de 2014.

Garantia de 02 anos e Certificação de Atoxidade coloca as lareiras a etanol Artfire na relação de fornecedores Brasil da LEROY MERLIN – veja mais no link abaixo:

 http://www.leroymerlin.com.br/mobile-m2-para-camara-de-combustao-cc30-central-preto-br-central_88290762?origin=6fbed5f15b788b2cbb98ad58


FUNDADA EM 1986, A BKO INCORPORADORA E CONSTRUTORA ATUA NO MERCADO IMOBILIÁRIO DESENVOLVENDO EDIFÍCIOS COMERCIAIS E RESIDENCIAIS DE MÉDIO E ALTO PADRÃO EM SÃO PAULO, SOROCABA, CAMPINAS, LIMEIRA, JUNDIAÍ,AMERICANA, SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SANTOS E NA REGIÃO SUL DO PAÍS.

Ao longo desses 30 anos, a BKO entregou mais de 2.000.000 m² e tem aproximadamente 50.000 m² em execução tendo como premissa desenvolver empreendimentos que sigam tendências atuais dos mercados mundiais. Dessa maneira, ao entregar empreendimentos únicos, a BKO reforça seus valores investindo em tecnologias construtivas, plantas customizadas, personalização e responsabilidade socioambiental. Como resultado, apresenta uma trajetória de sucesso construída pela dedicação e comprometimento de uma equipe de profissionais qualificados e preparados para atender às demandas do mercado imobiliário. Sempre antecipando tendências, a BKO possui em seu portfólio diversos cases de sucesso. Tudo isso faz da BKO uma referência entre as empresas do mercado imobiliário. Vencedora de 6 Prêmios Master Imobiliário e 1 Top Imobiliário.

O IGLOO é uma construção pensada e construída de dentro para fora, criada para a medida do que o seu morador determina como ideal funcional e recompensador. O iGLOO nasceu dessa filosofia, dando a você a possibilidade de entrar no ambiente e criar seu espaço, despido de padrões, mas nutrido de si mesmo. Esse novo conceito de grande sucesso em São Paulo chegou a Curitiba.

A BKO também escolheu as biolareiras  Artfire para o projeto iGLOO Curitiba.

Imagem: Divulgação BKO


O ambiente Voyage Rouge assinado pela arquiteta Priscilla Müller foi inspirado no diretor criativo da Valentino, Pierpaolo Piccioli. No espaço, a profissional buscou traduzir o estilo cosmopolita e globetrotter de um dos nomes mais influentes da moda mundial.

O ambiente é um grande e único dinner living, onde tudo se integra. “Poucos elementos compõem o espaço, que se destaca pelo minimalismo. Nele, a arte se expressa de várias formas”, explica a arquiteta. Entre o mobiliário escolhido para o projeto, destaca-se o módulo Renzo, utilizado em uma composição que mistura todas as variações de posição e altura que o móvel permite.

A arquiteta Priscilla Muller expressa arte de diversas formas, inclusive nas lareiras da Artefacto.

Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo.


A necessidade de um espaço externo, que possa ser utilizado durante todo o ano em cidades de temperaturas comumente frias, como é Curitiba, deu origem ao projeto de um lounge em uma varanda fechada, assinado pela arquiteta Flávia Bonet. A profissional tem como homenageadas as estilistas Juliana Affonso Ferreira e Maya Pope, da grife Isolda.

Os tons de azul, que variam do bebê ao marinho, ganham destaque no ambiente em composição com nuances de cinza e madeira clara. Destaque ainda para a seleção de vegetação adaptada à áreas cobertas e iluminadas. A arquiteta selecionou mobiliário da linha Beach & Country Artefacto todos indicados para áreas externas cobertas.

Lareiras ecológicas Artfire são perfeita para varandas e áreas externas – presença obrigatória nos projetos da arquiteta Flávia Bonet.

Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo


Elegância e composições com diferentes texturas.

Com esse drive, a arquiteta Caroline Andrusko projetou um espaço funcional e dinâmico.

O loft é dedicado a Tatiana Hyczy, da Compagnia Internazionale. No ambiente o tradicional é aplicado com naturalidade em sobreposições de volumes e texturas, mostrando como as tendências no mundo da moda e da arquitetura podem conviver juntas. Os tecidos são nobres e neutros e com diferentes texturas para dar contrastes e valorizar o mobiliário.

Tradição e ousadia também são características da lareiras a etanol da artfire, trazendo funcionalidade à este ambiente.

Foto: Edison Garcia / Divulgação.


Sala de Lareira e TV na Casa Cor:

A arquiteta Alessandra Gandolfi valorizou a inclinação natural do teto com o painel ripado de madeira da Arauco, que disfarça as luminárias de LED, os fios e caixas de som próximos à tela de projeção. O volume em mármore Perlato Paraná, com acabamento anticato, abriga a biolareira  Artfire.

O design de Jader Almeida e Ronald Sasson comandam o mobiliário, assim como o sofá regulável Natuzzi Edition.

foto de Marcelo Stammer.



A Artfire não utiliza mantas minerais ou de cerâmica como preenchimento em suas lareiras ecológicas, porque um grupo de trabalho formado por dezenove especialistas de onze países convocados pelo Programa de Monografias da Agência Internacional de Pesquisa do Câncer IARC (Lyon – França), concluiu sua reavaliação sobre o risco de câncer causado pelas fibras vítreas fabricadas pelo homem (MMVF) inaláveis.
Na forma de lãs, são amplamente usadas em isolação térmica e acústica e em outros produtos manufaturados na Europa e na América do Norte. Esses produtos, incluindo a lã de vidro, a lã de rocha e a lã de escória têm sido usadas por décadas e forma extensivamente estudados para determinar se as fibras que são liberadas durante a fabricação, uso ou remoção destes produtos apresentam riscos de câncer quando inalados.

O grupo de trabalho de Monografias concluiu que apenas os mais biopersistentes (são extremamente lentos para se decompor e desaparecer dos tecidos do corpo nos quais está depositado) materiais permanecem classificados pelo IARC como possivelmente cancerígenos para humanos (Grupo 2B). Estão incluídas as fibras cerâmicas refratárias que são usadas industrialmente como isolantes para ambientes de altas temperaturas, tais como alto fornos, e alguns tipos de lã de vidro não usadas como isolantes.

Para maiores informações: http://www.iarc.fr


  • Haus é palavra alemã para “casa”, “moradia”.
  • Mistura de aconchego com eficiência.
  • Como deve ser a casa da gente.
  • Itupava é caminho histórico.
  • Trilha feita em 1600, no meio da Serra do Mar.
  • Liga o litoral ao Primeiro Planalto paranaense.
  • Itupava é palavra indígena.
  • Quer dizer “rio encachoeirado”.
  • Rio macio, cortando vales, valente, descendo a serra.
  • Só de falar, dá para ouvir o barulho da água.
  • Só de pensar, você fica bem, relaxa, desliga da agitação.
  • Natureza. Energia. Espaço. Bem-estar.
  • Tudo como deve ser.
  • Isso, assim pensado, leva ao conceito de “qualidade para viver”.
  • Conceito que você, com seu bom gosto e imaginação, criou. Conceito que a Neubau, pensando em você, levou ao seu mais recente projeto de moradia: o Residencial ItupavaHaus.
  • Empreendimento de alto padrão, em bairro valorizado.
    Você já ouviu essa ideia antes.
    Empreendimento de alto padrão, em bairro valorizado, qualidade ItupavaHaus e garantia Neubau.
    Esta, sim, é uma ideia criada para surpreender você.

SURPREENDA-SE COM ESTES ITENS INCOMPARÁVEIS!

Tecnologia:
  • Lajes de Concreto Protendido: maior isolamento acústico e flexibilidade para a integração dos ambientes.
  • Tecnologia construtiva Dry-wall.
  • Venezianas com Acionamento Elétrico: mais conforto.
  • Telemetria: medição individual e eficiente do consumo de água e gás.
  • Filtro de água na entrada do edifício.
  • Infraestrutura pronta para instalação de AC nos quartos e sala.
  • Três prumadas de água quente por apartamento, garantindo que a água quente chegue logo no ponto de consumo.
  • Elevadores OTIS sem casa de máquinas, menor ruído.  V=1m/sHcabine=2,5m
  • Portas internas mais robustas, com melhor desempenho acústico e acabamento com pintura ultravioleta.
Sustentabilidade:
  • Preaquecimento de água pelo uso de energia solar.
  • Reaproveitamento das águas pluviais.
  • Destinação responsável dos resíduos da obra.
  • Paredes duplas perimetrais e esquadrias de alto desempenho resultam em maior isolamento térmico e acústico.
Acabamentos:
  • Rodapés dos banheiros em granito, com 30 cm de altura.
  • Porcelanatos CECRISA de primeira linha 60×60.
  • Metais DECA linha STUDIO.
  • Fechaduras La Fonte.
  • Antena coletiva e interfones instalados.
  • Sistema de aquecimento central instalado.
  • Água quente na lavanderia e churrasqueira.
  • Ponto para triturador na cozinha.
  • Banheiros com tampos em granito e misturadores instalados.

Mais de 2 milhões de metros quadrados construídos contam uma parte da história da Stuhlberger. A outra parte é feita das milhares de histórias que ajudamos a construir.

Fundada de 1951, a Stuhlberger Construtora e Incorporadora participou da evolução de São Paulo e ajudou a valorizar bairros como Higienópolis, Ibirapuera, Jardins e outros.

Durante todos esses anos de crescimento, a empresa sempre valorizou a seriedade no trabalho: gestão de qualidade, relacionamento com parceiros/fornecedores e principalmente no respeito ao momento de vida do cliente que decide adquirir um imóvel.

A Stuhlberger sabe que cada apartamento construído é a realização de um sonho, é o começo ou recomeço de uma história de vida. Por isso dedica máxima atenção aos mínimos detalhes de um projeto: da seleção dos melhores terrenos e  acabamento impecável às lareiras a etanol, que só podiam ser da Artfire Biolareiras.

Fotos do Empreendimento Selfie Curitiba: Divulgação Stuhlberger.


Foto de Edison \Garcia

Elaine Zanon e Claudia Machado da Arquitetare; Caroline Andrusko e Eliza Schuchovski da Perfectta Arquitetura; e Silvia Franzoni reafirmam esta antiga parceria utilizando lareiras a álcool da Artfire na Mostra Curitiba 2016.

“Living in Mitte”, projetado por Silvia Franzoni remete ao requinte e descontração berlinenses.

Foto de Edison Garcia.